rede

Esta semana o MOA News conversou com João Martins Coordenador da Rede de Vida Saudável MOA

joao1Pedimos ao João para falar o que é rede de vida saudável.

João explicou que a rede é formada pela união de sentimentos e forças dos voluntários da MOA, parceiros e organizações simpatizantes com o objetivo apoiar os programas de saúde e bem-estar que fazem parte do Método de Saúde Okada (M.S.O). O Método de Saúde Okada é desenvolvido tanto nos Instituto Terapêuticos MOA, quanto nas comunidades locais, visando melhora da saúde como um todo.

Mas como isso acontece?

Considerando a melhor forma de apoiar os indivíduos dentro da comunidade, os Voluntários da MOA que estão qualificados como Terapeutas, e isso pode ocorrer em 3 áreas distintas que são: 1) T.P.O. Terapia de Purificação Okada (Terapia Bioenergética) , 2) Promotores de Arte e Cultura, 3) Promotores de Alimentação Saudável,  prestam assistência na implementação dos Programas de Saúde e Bem-Estar coletivo.

Este agrupamento de voluntários  forma a  Rede de Vida Saudável, que facilita o cuidado mútuo e a integração entre essas pessoas bem como, com os institutos terapêuticos ( Centros de Bem-Estar/Clínicas).

E o Centro de Voluntariado (CV)?

O Centro de Voluntariado (C.V) já é um local de encontro, um espaço físico determinado onde todas as pessoas da região podem experimentar as práticas de saúde propostas pelo Método de Saúde Okada e implementadas no Brasil pela MOA.

Mas qual o Objetivo da Rede de Vida Saudável?

Na rede de Vida Saudável MOA, busca-se o aperfeiçoamento humano como um todo. E isso se dá por meio das práticas, mas também por palestras, cursos e reuniões, aprimoramentos contínuos. Nós trocamos experiências, saberes e criamos conexão humana por meio de laços de amizade, desta forma, acabamos gerando mais saúde, alegria, felicidade.

Um bom exemplo é o C.V  (Centro de Voluntariado) de Cangaíba, zona leste de SP. Por meio de uma parceria com a Igreja Católica local  (Igreja Bom Jesus de Cangaíba) e com a Associação Popular de Saúde. Este CV  atende voluntariamente  todos os sábados das 9h às 12h, com TPO, Arte e Cultura e ainda com uma feirinha de  produtos orgânicos e naturais. A comunidade local já demonstra melhoras reais e o número de atendimentos só faz aumentar.

Outros estados como Rio de Janeiro, Espírito Santo e Pernambuco também tam suas Redes e Centros de Voluntariado, para saber mais, e principalmente para se envolver mais fale direto com a MOA.

 

Fale com a MOA

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer participar da discussão?
Fique a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *