larbelo

Lar Belo e a Construção de uma Nova Civilização por Claudia Carneiro da Cunha

Durante o curso de formação de Terapeuta Nível Básico, o instrutor Vander Borges me perguntou o que eu entendia por Lar Belo segundo a proposta da MOA, eis a minha reflexão:

 

familai-felizCompreendo por Lar Belo a filosofia e prática do mestre Mokiti Okada, e que norteia o trabalho da MOA e profissionais/voluntários a ela associados. Consiste na busca pela construção de uma nova (“verdadeira”) civilização livre de doenças, conflito e pobreza. Trata-se de um projeto societário que tem como base a transformação de lares e indivíduos, núcleos da então almejada civilização.

A busca por novos hábitos alimentares, mentais e espirituais alicerçam essa mudança individual, e, ao mesmo tempo, coletiva. Haveria uma profunda coerência com uma forma de vida que integra a natureza, e a contempla em sua beleza. A arte de viver e a apreciação do belo no artístico são aspectos complementares e indissociáveis. A Terapia de Purificação Okada (TPO), constitui um instrumento chave nessa busca por uma vida melhor, livre de conflitos, doenças e sofrimentos.

O entendimento de que as doenças começam no espírito, naquilo que é plasmado através de pensamentos e ações, integra os indivíduos a um plano espiritual/energético, capaz de regenerá-los e impulsioná-los para uma vida melhor, uma reforma íntima. A mudança inicia na transformação de si, do lar, das relações, para o alcance de uma plenitude e vivência em comunhão.

Assim, lar belo está dentro dos sujeitos, que passam a reescrever suas vidas na direção de um maior aproveitamento pessoal, energético, relacional e em comunidade. O amor é a grande mola propulsora à construção de lares belos, na acepção da palavra.

 

Claudia Carneiro da Cunha

Professora da UERJ | Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Terapeuta MOA

 

1 responder

Deixe uma resposta

Quer participar da discussão?
Fique a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *