voluntario

Quem é o voluntário de quem tanto falamos?

Segundo definição das Nações Unidas, “o voluntário é aquela pessoa, que dedica parte do seu tempo, sem remuneração alguma, a diversas formas de atividades, organizadas ou não, de bem estar social, ou outros campos.”

voluntario2Voluntário é um agente de transformação, que realiza o trabalho gerado pela energia de seu impulso solidário, atendendo tanto às necessidades do próximo ou aos imperativos de uma causa. Quando nos referimos ao voluntário contemporâneo, percebemos algo que faz total diferença, além de engajado, participante e consciente, este novo voluntário é extremamente comprometido com o que acredita.

Mas por que despertamos para o Serviço Voluntário?

Em geral por duas razões: O despertar de cunho pessoal  que tem a doação de tempo e esforço como resposta a uma inquietação interior levando-o a prática. “Não posso ficar indiferente!”, e o Despertar de cunho social,  movido pela tomada de consciência dos problemas do mundo real, o que o leva à busca por um ideal ou ao comprometimento com uma causa.

Nesses dois componentes, o sentido de altruísmos e solidariedade são vistos como virtudes pelo indivíduo, aliados ao sentido de caridade que tem forte herança cultural e religiosa, determinando o nível de engajamento voluntário.

maosTais atitudes possuem um enorme potencial transformador do indivíduo impactando no seu crescimento interior, o voluntário é a pessoa que cresce na proporção que se doa, e isso é extremamente motivante.

O Voluntário é aquela pessoas que faz uma enorme diferença no meio onde vive e atua pois faz uma entrega generosa do melhor de si, atuando com profissionalismo, humanidade e eficácia nas tarefas solicitadas.

O voluntário é acima de tudo um teimoso que se nega a cruzar os braços, se recusa a aceitar as coisas “como elas são” então se enche de energia para tentar transformá-las.

Não se trata de transformar o mundo, mas dar o primeiro passo rumo à transformação.

 

Por: Vander Borges | Comunicação MOA

 

 

1 responder
  1. Jose Ambrósio Guimaraes
    Jose Ambrósio Guimaraes says:

    Voluntariado
    Ser voluntário é viver como um ser humano adulto, que sai da infantilidade hipócrita de dizer que acredita na bíblia ou em outros livros ditos “sagrados” e assume a verdadeira personalidade criada pela Força do Cosmos, Espiritualista e altruísta, onde a Consciência Cósmica ou Quântica, está no comando de tudo. Neste contexto espiritualista, Mokiti Okada, Cristo, Maomé, Buda, Emanuel, Krisna, etc. precisam ser respeitados, mas não empurrados de goela abaixo com se faz com os “animais”, quando se faz lavagem estomacal. Somos todos UM e todos merecemos o mesmo respeito e compaixão uns dos outros como uma dádiva que nos é inerente como portadores de Partícula Divina (Alma), à imagem e semelhança de Deus Cósmico e não de um deus carrasco dos fundamentalistas. A Dádiva está bem estudada por autores com Marcel Mauss e sua atuação em nós, foi confirmada por estudos descritos por Amit Goswami, quando fala sobre Ativismo Quântico.

    Responder

Deixe uma resposta

Quer participar da discussão?
Fique a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *