DSC09085-600x450

Uece e Mokiti Okada Association formam terapeutas em TPO para o Espaço Ekobé

A Universidade Estadual do Ceará (Uece) e a Mokiti Okada Association (MOA Internacional) realizaram, no período de 19 a 23 de agosto, no campus Itaperi, o Curso Básico de Formação para Terapeutas da Terapia de Purificação Okada (TPO). Os novos terapeutas TPO atuarão no Espaço Ekobé, da Uece, e em outros espaços terapêuticos.

TPO é uma terapia bioenergética baseada na imposição das mãos para transmitir a energia vital da natureza. O curso teve como facilitadores o diretor da MOA do Brasil, Yasuaki Tsukiashi; o médico e terapeuta TPO, José Ambrósio Guimarães; e a teóloga e terapeuta TPO, Betiene Guimarães.

A formação é resultado da parceria entre o Observatório de Recursos Humanos em Saúde (ObservaRH/Ceará), vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Sociologia (PPGS), o Centro de Ciências da Saúde (CCS), o Espaço Ekobé e a MOA Internacional.

O reitor da Uece, professor Jackson Sampaio, participou do encerramento do curso, no Espaço Ekobé, e lembrou a origem do lugar. “Há 14 anos vem integrando não só projetos dos saberes populares, mas, sobretudo, integrando técnicas novas e antigas. Esse constitui um dos mais antigos programas de extensão da Uece, que nasceu por ocasião da Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), realizada no campus Itaperi em 2005, consolidando-se, gradativamente, pela troca de saberes populares cearenses, afro-brasileiro, dos povos indígenas originais, da massoterapia, dos projetos terapêuticos orientais e da Permacultura”.

Anteriormente, quando o curso iniciou, o reitor recebeu, na Reitoria, a Yasuaki Tsukiashi e José Ambrósio Guimarães, momento no qual foram abordados os cursos ofertados pela Uece relacionados à cultura oriental, com destaque para o Núcleo de Línguas do Centro de Humanidades (CH), que tem condições de oferecer cursos de japonês, mandarim e coreano.

 

Referência: http://www.uece.br/noticias/uece-e-mokiti-okada-association-formam-terapeutas-em-tpo-para-o-espaco-ekobe/

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer participar da discussão?
Fique a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *