doutorahilda5

O instituto Terapêutico MOA tem uma nova médica

doutora2a

 

Moa News: Dra. Hilda Nemoto, a Sra. é a nova médica do Instituto Terapêutico MOA. Como a Sra. vê o atual cenário da saúde no Brasil e no mundo?

Dra. Hilda: Falar de saúde, tanto no Brasil, quanto no exterior, é um assunto bastante amplo…

A diversidade de situações geográficas, políticas, culturais são bastante distintas, configurando cenários opostos… De um lado, locais “ricos”, que podem investir em qualidade de vida (desde saneamento básico, vacinação, suporte hospitalar, exames diagnósticos sofisticados, terapias de ponta e EDUCAÇÃO). De outro lado, locais em que NÃO EXISTE A PREOCUPAÇÃO com o mínimo de saúde, e isso inclui todos os tópicos citados anteriormente: saneamento, educação e assistência médica digna.

O Brasil mantém situações precárias de atendimento à saúde, aliadas à falta de EDUCAÇÂO DA POPULAÇÃO em relação à cuidados simples de alimentação e atividade física, que poderiam minorar os problemas já existentes e DIMINUIR A EVOLUÇÃO PARA DOENÇA….

No geral, falando especificamente do país em que vivemos, temos muito que evoluir, principalmente DIMINUINDO A DESIGUALDADE DE ACESSO À SAÚDE, já que no Brasil existe conhecimento técnico, locais com alto nível diagnóstico, hospitalar e terapêutico.

 

MOA News: Ano após ano, aumentam os casos de doenças ligadas ao estilo de vida, como hipertensão e diabétes. De que forma nós podemos ajudar a mudar este quadro?

Dra. Hilda: De fato, apesar dos avanços incríveis da medicina, certas doenças estão sempre muito PREVALENTES, como Diabete Mellitus, Hipertensão Arterial e Insuficiência coronária (levando à infarto do miocárdio ou procedimentos como angioplastia ou ”Ponte Safena”). Podemos ajudar a diminuir essas doenças com EDUCAÇÃO e CONSCIENTIZAÇÃO!

Porém não é tão simples: precisamos repetir, repetir, repetir… enfocar e orientar situações individuais e resistências à mudanças, já que o hábito “instalado” já decorre de uma série de fatores, tanto ambientais como familiares, o marketing maciço de produtos não saudáveis, como álcool, fumo, FAST FOODS, ritmo acelerado nas grandes cidades, STRESS DO DIA A DIA (levando ao prático e rápido) e ESTADO EMOCIONAL.

 

MOA News: O conceito de Medicina Integrativa vem se expandindo pelo mundo. Médicos como o Dr. Andrew Weil estão trabalhando por uma medicina com um olhar mais humano e espiritual. Como a Sra. vê as práticas integrativas do Método de Saúde Okada dentro deste movimento?

Dra. Hilda:  Vejo a medicina integrativa como a JUNÇÃO de todo o conhecimento da humanidade sobre o SER HUMANO… Descrevo como 03 fases distintas:

ANTIGAMENTE: o conhecimento e tentativa de utilização das substâncias da natureza, seja mineral, vegetal ou animal, em benefício da saúde do homem, enxergando no seu dia a dia, tanto o físico como o espiritual.

FASE INTERMEDIÁRIA: mais recente, em que houve um BOOM tecnológico, evolução de terapias químicas e diagnósticas, em que a tecnologia “copia” a natureza. Nesta fase foca-se principalmente o componente físico visível do homem e as doenças, dando espaço à um aumento de incidência de desequilíbrios espirituais, emocionais e mentais, com a CARÊNCIA de suporte, tanto médico quanto social, para os componentes emocional, afetivo e energético do homem.

ATUALMENTE: a medicina integrativa faz a junção de todos esses conhecimentos e utiliza àquilo que a natureza pode nos oferecer, as vantagens de trabalharmos o nosso físico, nossa energia e nossa mente.

O MÉTODO DE SAÚDE OKADA tem o mérito da VISÃO AMPLA do SER HUMANO, atuando antes da instalação da doença, e também minimizando e dando conforto quando a doença já está instalada.

 

MOA News: Que dicas a Dra. Hilda  daria para quem deseja contribuir para a criação de uma sociedade mais saudável?

ATENÇÃO: atenção constante à qualidade de vida individual, familiar, pequenos núcleos sociais e, por consequência, à humanidade.

PERSISTÊNCIA: nenhum conceito ou prática vai se instalar (POR MELHOR QUE SEJA), se não houver persistência em seu trabalho.

CLAREZA DE OBJETIVO: se a pessoa tiver CLARO o que melhora sua saúde, há a transmissão da prática e efetivação de uma sociedade mais saudável.

RESPEITO: lembrar SEMPRE de que a humanidade tem como CARACTERÍSTICAS ESSENCIAIS: PAZ, PENSAMENTO e  AMOR. Quando nos identificamos com esse núcleo interno, respeitando-o e reverenciando-o, tanto nos outros como em nós mesmos, experimentamos uma saúde melhor.

 

3 respostas

Deixe uma resposta

Quer participar da discussão?
Fique a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *