tsuki2

Entrevista com Yasuaki Tsukiashi

O Secretário Geral da MOA Brasil, Sr. Yasuaki Tsukiashi, concedeu uma entrevista ao Jornal da MOA falando um pouco sobre os avanços da instituição em 2015 e o que esperar em 2016, confira!

 

Jornal da MOA: Quais foram os avanços alcançados pela instituição em 2015?

Tsukiashi: Quanto tempo você tem? (risos) Avançamos bastante! Por exemplo, na TPO, avançamos na formação de terapeutas e aprimoramento dos mesmos; antes, apenas os funcionários da MOA podiam dar o curso básico de TPO e em 2015 finalmente instrutores foram formados para expandir ainda mais a TPO. Também em 2015 foram formados nove departamentos que cuidarão de diferentes áreas da instituição. Esse foi um grande avanço, porque agora existe um foco maior em cada área e em como desenvolvê-las rápida e adequadamente. Aproximamo-nos ainda mais da sociedade através da atividade realizada em Cangaíba ( São Paulo), na igreja católica. Os fiéis e vizinhos da igreja recebem TPO e também estão consumindo os produtos da agricultura natural produzidos pela fazenda da MOA. Dessa forma, estamos aproximando a sociedade do Método de Saúde Okada. Também, o vereador Gilberto Natalini e o deputado George Hato estiveram em programas de TV falando sobre a medicina integrativa e citaram a MOA com um exemplo dessa nova realidade.

 

J: Qual a importância de grandes eventos como o dia de saúde no Zuissenkyo?

T: O dia de saúde é extremamente importante! Em 2015 recebemos orientações da MOA Japão, onde aconteceu um Simpósio de Medicina Integrativa. Nossa intenção é seguir as orientações de Mokiti Okada para criar uma sociedade sadia através da nova medicina e para alcançar essa realidade é preciso traçar nosso caminho através da medicina integrativa. Com o dia da saúde (onde os participantes recebem TPO, realizam atividades de arte e cultura e também se alimentam com produtos naturais) o Método de Saúde Okada fica muito claro e a sociedade acaba conhecendo profundamente o trabalho realizado pela MOA.

 

J: Em 2016, quais serão as metas que os voluntários devem objetivar?

T: Ir à sociedade. Em 2016, devemos focar como nunca alcançar as pessoas de forma mais ampla e apresentar o Método de Saúde Okada. Devemos, também, formar promotores nos três campos de atuação – TPO , Arte e Alimentação – e dessa forma expandir os ideais de Mokiti Okada.

 

J: Deixe algumas palavras de incentivo para o ano de 2016!

T: Nesse ano, mais do que qualquer coisa, é importante que cada voluntário pratique os três empreendimentos na vida cotidiana! Dessa forma, a convicção de todos no derradeiro método de saúde aparecerá e com certeza ela se expandirá para a sociedade. Foquemos em um 2016 que traga a verdadeira felicidade a todos.

 

Claudia Ideguchi,
Voluntária MOA. – Jornal MOA – De voluntário para voluntário
Janeiro/2016

doutor-m2t1n2cawaoix6b3zs52es8s8hpgdddw02rukwreiw

MEDICINA INTEGRATIVA SEGUNDO DR. PAULO DE TARSO LIMA

A Medicina Integrativa é uma abordagem orientada para um sentido mais amplo de cura, que visa tratar
a pessoa em seu todo: corpo, mente e espírito. Enfatiza as relações entre o paciente e o medico,
e combina tratamentos convencionais e terapias complementares cuja a segurança e eficácia tenham sido cientificamente
provadas.

Essa modalidade, atualmente muito difundida nos Estados Unidos por inúmeros lideres entre eles o médico Andrew Weil,
eleito pela revista Time uma das 100 pessoas mais influentes do mundo, estabelece que a boa medicina é a que utiliza
todos os tipos de terapias consagradas cientificamente, sejam elas oriundas
da medicina convencional ou de sistemas médicos tradicionais. Ela visa abordar a pessoa em seu todo, incluindo os
aspectos do estilo de vida, enfatizando as relações terapêuticas entre o paciente e o médico.

Hoje, a Medicina Integrativa “Integrative Medicine” está presente em mais de 60 (sessenta)
centros universitários acadêmicos americanos como: Harvard, Arizona, Massachusetts, Mayo Clinic,
Cleveland Clinic, Califórnia, entre outras. Pessoalmente, mantenho relações acadêmicas com a Universidade
do Arizona, Universidade de Harvard e Universidade de Massachusetts.

O programa clínico e educacional mais bem estruturado de Medicina Integrativa nos EUA se encontra
hoje na Universidade do Arizona e tenho enorme satisfação de ser o primeiro brasileiro a participar de seu programa
de Fellowship.

Tenho aprendido que ao invés de trazer novos métodos terapêuticos ou novas tecnologias isoladamente, devemos focar
nossa atenção em perceber o paciente em suas demandas, respeitando sua autonomia e poder pessoal,
esta relação tem sido à base do nosso trabalho.

OS PRINCÍPIOS DA MEDICINA INTEGRATIVA:

• Uma parceria entre o paciente e o médico no processo de cura.
• Uso apropriado de métodos e terapias oriundos da Medicina Convencional e de Sistemas Médicos Tradicionais
para facilitar o processo inato de cura.
• Consideração de todos os fatores que influenciam a manutenção da saúde e o aparecimento
das doenças, incluindo-se o corpo, a mente e o espírito, bem como a comunidade (suporte social).
• Uso de métodos e terapêuticas naturais, efetivas e não invasivas sempre que possível.
• Utilização de conceitos cientificamente atestados na promoção da saúde e na prevenção
e tratamento das doenças.
• O estabelecimento de uma abordagem interdisplinar e transcultural comprometida com o processo
de autoconhecimento e desenvolvimento.
• Reconhecimento que a boa medicina deve ser baseada em boa ciência, devendo ser investigativa
e aberta a novos paradigmas.

Fonte: http://medintegrativa.com.br/

NIKKEI-MATSURI-2016-9

MOA NO NIKKEI MATSURI | 2016

Como objetivo de divulgar o Método de Saúde Okada através do empreendimento de arte e cultura, a MOA participou do Nikkei Matsuri oferecendo a apreciação da tradicional cerimônia do chá japonesa e também a sensibilização com a flor.

NIKKEI-MATSURI-2016-13Aqueles que se aproximavam do espaço, logo se deparavam com os vasos feitos de garrafa reciclável e despertavam a curiosidade. Ao ouvirem a explicação sobre o Método de Saúde Okada e sua atuação no emocional, ficavam interessadas em participar da atividade. Ao terminar o arranjo floral, muitos relatavam estar mais tranquilos e felizes. Um dos participantes apesar de comentar “não ter talento para isso”;  ao ser convencido a dar uma chance, ficou bastante satisfeito e feliz com o próprio arranjo floral, acertando detalhes aqui e ali.

NIKKEI-MATSURI-2016-10Na cerimônia do chá, os participantes eram orientados a observar atentamente os movimentos apresentados, assim como perceber os cheiros, cores e sons, tornando a experiência um momento único. Muitos relataram que apesar do barulho característico de um festival, conseguiram se desligar e se conectar com a cerimônia, ficando mais leves e felizes. Uma participante que  pratica meditação contou que durante a cerimônia foi capaz de entrar em “estado zen”, estado de equilíbrio mental que só consegue alcançar quando medita. Outras pessoas relataram o profundo deleite com a beleza da cerimônia e o quanto se sentiram tranquilas.

Para os voluntários da MOA a alegria em levar algo de bom para a sociedade foi o ponto principal. Durante o evento, alguns relataram como estavam felizes por ajudar e como estavam apreciando o esforço em conjunto imprimido. Para Mitiko Nakata, voluntária MOA, o fato que a deixou mais feliz foi ver que a cerimônia do chá foi oferecida por duas brasileiras. Segunda ela, ao notar que a cerimônia tradicional japonesa era feita para uma pessoa brasileira, isso aproximava mais o público e aumentava as chances de eles se interessarem pelas atividades. Dulcinéia Lima dos Santos, uma das voluntárias que colaborou na cerimônia do chá, agradeceu a oportunidade de ajudar na atividade, pois ela mesma estava se sentindo um pouco mal, com a energia baixa e após oferecer o chá várias vezes sentiu o ânimo e a alegria retornarem.

Participar de ações comunitárias como o  Nikkei Matsuri é sempre uma boa oportunidade de levar o Método de Saúde Okada para um grande número de pessoas.

 

10406711_732061273525132_8322107460459839085_n

Zuissenkyo: Festa das Cerejeiras, um novo encontro!

Zuissenkyo: Festa das Cerejeiras, um novo encontro!

No último dia 26.07.2015 realizamos a “Festa das Cerejeiras” no Zuissenkyo, em Mairinque.

Além da atração principal, as Cerejeiras, todos puderam encontrar no Zuissenkyo várias outras opções para aproveitar o dia e reencontrar os amigos.

Aqueles que buscaram o encontro com o belo, puderam contemplar a exposição de quadros, de arranjos florais, participar da cerimônia do Chá, assistir a apresentação do Coral e as várias opções no espaço dedicado a itens de artesanato.

Nestas festas, tem sempre um item que todos querem encontrar: comida! Assim, não faltaram opções para satisfazer esta necessidade: yakssoba, okonomiyaki, tempurá, sushi (bento), churrasco, pastel, salgadinhos, várias opções de doces, além de sucos naturais e refrigerantes.

Tivemos também a venda de vários produtos orgânicos (verduras, legumes e frutas), para aqueles que sempre buscam encontrar no Zuissenkyo uma boa opção para uma alimentação natural.

Mais uma vez várias pessoas tiveram a opção de receber a Terapia da Purificação (TPO), encontrando assim, mais uma excelente opção para entenderem como é importante cuidar da sua saúde e como a energização da terapia pode auxiliá-las nesta ação.

Com certeza a festa foi um sucesso, não somente por tudo o que citamos acima, mas principalmente pelo fato de que era fácil perceber a alegria e felicidade nas pessoas que lá estavam, sejam naquelas que aproveitaram para comer sob as cerejeiras, seja pelas crianças que brincavam e se divertiam, seja pelo comentário de todas as que vieram ao Zuissenkyo pela primeira vez: aqui é muito bonito, podemos voltar quando quisermos?

Ronaldo Tadeu Teixeira